Piolho?

Senhores Pais e alunos,

No decorrer do ano sempre aparecem casos de crianças com piolhos e aproveitamos para alertar aos pais que devem tratar o cabelo das crianças – APRESENTANDO OU NÃO O PROBLEMA.

Observação para o Tratamento:
A simples aplicação de uma medicação piolhicida não garante a interrupção do ciclo biológico, pois, como já vimos esses medicamentos não têm o poder de matar 100% das lêndeas.
Para combater eficazmente a pediculose, deve-se realizar um tratamento integral: matar os piolhos com medicação específica e garantir a remoção manual de 100% das lêndeas.

Secar o cabelo com secador bem quente, principalmente na região da nuca, após a lavagem e trocar a fronha do travesseiro diariamente são atitudes que ajudam no tratamento.

Caso seja observado algum aluno ainda com lêndeas ou piolhos seremos obrigados a mandar de volta para casa e o mesmo dever permanecer afastado da escola, por sete dias, para tratamento.

Agradecemos a colaboração pelo bem estar das crianças.

O que são piolhos?

Os piolhos são pequenos insetos (têm entre 0,5 e 8 mm de comprimento) da ordem Phthiraptera. O piolho é um ser parasita, se alimentando basicamente do sangue do hospedeiro, além de resíduos da epiderme e secreções sebáceas. Esses insetos parasitam mamíferos, inclusive o ser humano, e aves. Cada espécie de piolho é dependente exclusiva de seu hospedeiro, visto que um piolho que ataca uma ave, por exemplo, não pode atacar o ser humano e vice-versa. Esses insetos possuem órgãos adaptados para a sucção do sangue e garras nas pernas que os fazem permanecer grudados no hospedeiro. Um piolho produz, em média, de 10 a 12 ovos por dia. Seu ovo é chamado de lêndea, fica grudado nas raízes dos fios de cabelo ou pelos e eclodindo em 5 ou 6 dias. O piolho pode ser um vetor de doenças, como no caso da febre tifóide.

Obs.: Para mais informações de tratamento e profilaxia acessar:

www.youtube.com/
Programa Bem Estar – Piolhos (27_02_2012)

Deixe seu comentário

X